Rss Feed
  1. Do lado de Lá

    sábado, 7 de maio de 2011

    Olha só o seu perfume no ar.

    Maquiada com ar de quem sofreu;
    Por amor e não quer mais se entregar.
    Espera o tempo passar

    (Matriz- Remiez)

    Levanta a mão quem já se sentiu tocada profundamente por algum amigo da internet! Ou melhor, o amou lol Eu levante a mão sim, não estão loucos meus caros e raros leitores, pois eh, assim como eu minha melhor amiga, a Diwa, e é sobre eles dois o meu post de hoje,e  ainda vou roubar um espaço para mim. Vou resumir a minha parte em uma frase “hoje somos muito amigos e temos uma intimidade tremenda”! Ao contrario da Diwa. Vamos aos fatos da Diwa e do Wolf?
    Ela tinha um Fake e chamado Naru e ele Edward,  ela não lembra quem adicionou quem, e como eu, não passava pela cabeça dela ter nada com ele, mesmo que pelo fake, ate por que ele tinha namorada, mas como nada dura para sempre, ele o Wolf acabou com a namorada , e ela acabou “tomando” o lugar da namorada dele pelo fake, mas foi alem do fake, decidiram mostrar sua vida off um para o outro e foram para o msn deles próprio, ai é quando eu entro,  ela sabia de mim com o carinha da net, ate pelo fato de sermos melhores amigas a 5 anos, eu sabia que se acabasse ela iria sofrer, e deixei claro isso, mas a ligação e o amor dela foi ficando mais forte por ele, de ligação a mensagens de textos,  nas férias todos os dias eles se falavam, mas com o inicio das aulas eles se afastaram ate que ele disse que não gostava mais dela! Mesmo ela ainda gostando dele e chorando pelo o que ele tinha dito, ela concordou que não gostava mais dele também, ele acabou dizendo com o tempo que ainda gostava da Diwa.
    “passou , todo dia eu chorava afinal, nunca chegava uma mensagem dele, eu olhava meu celular de segundo em segundo e nada, e eu sofri, chorei, e penso sempre nele, não sei se ele gostou mesmo de mim, ele dizia que sim, mas eu sei que ele foi o único menino que eu gostei realmente, não sei se foi amor mesmo ate pq eu não sei bem oq é isso , mas eu sempre quis voltar a falar com ele, mas não sei oq houve, ele não entra mais no msn e perdemos todo tipo de contato”
    “eu lembro da ultima vez  q a gente se falou,ele entrou já era umas 11 e meia da noite, quando eu já estava saindo, ai quando a agente começou a falar, painho mandou eu desligar ”
    Lembramos de tudo, sem um toque fica uma marca, varias  marcas, as conversas, os telefonemas e as mensagens, contamos quantas vezes recebemos o eu te amo, e a quem dividimos isso que as vezes chega a ser segredo, no meu caso a amizade foi forte e somos grandes amigos, no dela, o destino separou e o amor se foi!
    Sei que tem pessoas lendo dizendo que isso é idiota, coisa de retardado, mas não! Eu senti, eu vivi e vi como é mágico, como é ruim e doloroso,  se pode sim gostar de alguém longe, não somos nós quem determinamos, mas é melhor aquele que possa estar ao seu lado, que possa te fazer feliz e que não te  faça chorar.
    A vida gira e as coisas mudam, quando a vida esta de ponta cabeça tudo se bagunça, e assim somos nós, quando conhecemos alguém longe, ficamos mais bagunçados que uma cidade depois de um terremoto forte. É isso... posso dizer que o amor virtual, não é virtual, e mais real que se possa imaginar,  e é um terremoto que deixou aquela rachadura na parede.
    |


  2. 8 comentários:

    1. Seu Rafael disse...

      Eu fico feliz por passar lá no blog e ainda mais na postagem do chico, que achei que ninguém conhecia.
      Eu também vejo pessoas que acham que o que é dito na internet não pode ser levado a sério, ou que banalizam qualquer tipo de relação "afetiva" por alguém que não conhecemos; talvez esse é o tipo de pessoa que não devemos dar atenção, pois é a mesma pessoa que não sabe o que ter um amor platônico ou simplesmente admirar uma pessoa pelo que ela é. Acredito que se hoje temos uma ferramenta que muitas vezes ajuda a dizer o que não pudemos dizer ou que não temos coragem de dizer, devemos sim usá-la.
      Só falei disso porque vi que falou "Sei que tem pessoas lendo dizendo que isso é idiota, coisa de retardado" não sei bem se era da internet q falava mas eu vejo que muita gente não leva a sério mesmo.

      Beijos e até a próxima.

    2. Bee disse...

      Também joguei demaaaaaaaaaaais xD
      Seu layout é muito lindo! *-*

    3. Bet'H disse...

      O amor, não tem fronteiras e nem limites para pecados, então devemos amar, longe ou perto.

    4. Rubi disse...

      Como foi dito acima, o amor não tem limites, e mais que isso, a gente não escolhe a pessoa haha as coisas acontecem assim ...naturalmente.
      Vi uma foto da KT Tunstall aqui e fiquei doida haha sou super fã dela *-*

    5. Dayane Pereira disse...

      Acredito sim que isso é possivel, embora às vezes pra mim parece meio que loucura!
      Mas conheci meu namorado pela internet, só me apaixonei depois de vários encontros, mas talvez eu pudesse me apaixonar antes mesmo de conhecê-lo, sei lá;.

    6. Anônimo disse...

      Meu unico e verdadeiro amor tb conheci pela internet. E me identifiquei mto com seu post. Tb ficamos meses a distancia trocando sms, falando por cel e msn. Ele tb tinha alguem q não deu certo e tb acabei virando a namorada. Porém da msm forma ele deixou de amar do dia pra noite e voltou com a ex. Hj tb não falamos mais, tem 2 anos e eu ainda o amo. Realmente....ñ aconteceu só comigo.....

    7. Blog UaiMeu! disse...

      pro amor nao tem distancia n tem barreiras

    8. Lívia disse...

      Passei [e não sei se ainda passo, assim, no tempo presente] por situação semelhante. E, com propriedade, posso afirmar que assim como na dita "vida real" acontece com a mesma intensidade e sinceridade que uma relação usual.
      As maiores diferenças são a distância, que acarreta na falta do toque, cheiro e etc, mas nada que não possa ser contornado e talvez superado por um encontro!
      Acredito que amores virtuais possam ser possíveis, sim! E boa sorte a todos nós!
      Um beijo.

    Postar um comentário

    Se gostou deixa comentário, se não gostou, aceitamos criticas. se quiser desabafa, estamos aqui. volte sempre!