Rss Feed
  1. Lealdade

    domingo, 29 de março de 2015



     
     
    Esse tal de Amor não deveria cultivar esperanças no seu jardim, e sim segurança. A paixão não deveria criar expectativas dormindo no tapete da cabeceira, e sim realidade, luz para enxergar verdades e intenções. As mãos não deveriam buscar palavras que a boca não sabe como falar. Eu so queria que tudo fosse mais fácil, eu só queria que houvesse cumplicidade, felicidade, confiança, segurança, você aqui.
     
    Não lembro mais do seu sorriso ao acordar, não lembro mais do seu gosto musical, não tenho mais seu cheiro guardado em meus casacos. Mas por que ainda tenho você aqui? Por que não posso falar tudo o que eu quero e não quero, dar as costas e te deixar para trás, te prender no passado. Só queria que você deixasse tudo ser mais fácil, que voltasse aqui e me deixasse no seu passado, que me permitisse te deixar no meu, que queimasse todas as lembranças que minha mente ainda tem. Mas você não deixa, parece que ainda somos aquele casal legal, não somos, não sou, não adianta, não, não e não. Você me cansa, você não sai daqui, você não sai das esquinas, dos fins de corredores, você não sai dessa maldita cidade que nos pertencia.
    Sabe de uma coisa? Há uma semana sonhei com você, e adivinha só, você nem vai acreditar... você se despedia de mim, você finalmente cumpria sua promessa de lealdade e me deixava ir, me dava paginas em branco, apagando você e nossa pequena vida feita em intensos meses, me dava aquele sorriso que você colava seu nariz com o meu, que eu me esforçava para vê seu sorriso, mas acabava fechando os olhos e sorrindo junto, e então você ia embora me deixando no meio daquela multidão. Acordei com a sensação de que agora era real, que agora você tinha ido, mas não... nossa musica tocou e mais uma vez você estava lá, fui ao bar e você estava lá, fui a tua rua e você estava lá, por fim fui a tua vida e eu não estava lá.
    Melhor deixar para lá.
    Melhor viver.
    Melhor ainda ter um pouco de você.
    É, por fim é Melhor.
     
     
    |


  2. Bons ventos

    sexta-feira, 2 de agosto de 2013




    Fazia tempo que o vento não cantava na minha janela me chamando a atenção para abri-la... assim que abri olhei um mundo incrível, doce, apaixonante, mágico... onde não cabia nada alem de mim e do vento em meu rosto, cabelos e cortina. Já passara da hora de acordar e abrir as cortinas e da uma olhada nessa mundo que há tempos havia deixado sem cor alguma. Daí que o vento veio colorindo e colocando graça em todas as coisas, a chuva parou de me fazer medo, pois ate nela o vento estava, já não  importava sair da rua com uma ventania, ele dançava comigo, me guiava por esse mundão de meu Deus... Esse vento não passou e não passara, ele vai esta ao meu lado por toda vida... Bem vindo agosto, mês dos Ventos... Traga felicidade, paz, amigos antigos e amigos novos, e aquilo que só nós sabemos, aquilo que levas em teu sussurro pelo ouvido dos amantes... e meu querido vento, traga com a felicidade e amigos os meus 18 anos...
     
    Ana C.
     
     
     
     
    |


  3. Peça por nós dois

    sexta-feira, 29 de março de 2013



    Já não sei viver
    quanto a metade, minha cara metade ignora
    a voz do meu querer
    *Acabou de Acabar- Phill Veras*






    Eu fechava os olhos e implorava – Meu Deus, Meu Deus, faz com que eu consiga tudo – mas quando se quer muito algo, coisas devem ser deixadas para trás. Queria que fossem apenas coisas, não pessoas. Você foi duro comigo, por falta de horas e dias você não veio atrás, você não me ligou e não me disse ate logo, não me esperou. Disse apenas que não queria mais ouvir nada de mim e foi embora. Eu não tive como me explicar! Alias, explicar o que? Que eu te quis mais do que tudo no mundo, que eu queria ser sua pelo menos por uma noite, que nada nem ninguém me impediria de te ter? Você não iria e não ira acreditar se eu disser isso. Pra você eu lhe deixei, eu não quis mais saber de nós, eu fui egoísta querendo apenas o EU, o MEU e deixando os nossos sonhos para trás. O meu amor se foi... Eis a questão, meu amor por mim ou por você. Acho que isso se confundiu e virou uma coisa só. Eu não merecia uma despedida dura, nós não merecíamos. Sua imagem esta machada em minha memória. E em menos de dois meses te vejo nos braços de outra. Quanto a mim resta rogar a Deus que te tire do meu caminho pra sempre, não por novos dois anos. 

    Ana C.

    |


  4. Olha só essa menina que balança e dança só

    quarta-feira, 7 de novembro de 2012



    "- eu estava triste sabe?
    - estava?
    - é, mas eu resolvi sair dessa tristeza, dancei na frente do espelho, me senti uma diva do rock, soltei beijos para meus fãs e recebi ursinhos fofos, rodopiei a casa toda como uma bailarina clássica  Fechei os olhos e dancei sem medo algum, sem medo de que meu vizinho olhasse e pensasse “ que menina louca” o que ele não entende é que o melhor remédio pra alma, se encontra nas pequenas loucuras, no que nos meche por dentro e nos faz sorrir sem que seja de máxima importância! Mas quando eu deitei pra dormir...
    - você desmoronou né? Chorou muito?
    - pelo contrario, eu dormi, e continuei dançando e sorrindo nos meus sonhos!"

    Ana C.

    (/to.voltando.aos.poucos.meus.amores
    |


  5. Pra começar a colorir ...

    quinta-feira, 12 de julho de 2012

    Alguém deixou, então ta deixado

    Não fique aí parado
    essa é a lei
    Vou pintar um lugar mais bonito
    Pra fazer meu festival
    (Cícero- Laía láia)

    Sweet vacation para vocês meus lindos amores cruzados...


    “Em muitos momentos vividos por todos nós neste mundo existiram aqueles que nos causaram arrependimentos por inúmeros motivos, o pior deles é aquele que vc hesitou e por falta de coragem de se prender não exclamou a verdade inquieta de seu coração então deixamos de ganhar aquilo que com frequência poderíamos ganhar por puro medo de se arriscar...então somos obrigados a aprender a viver com estas frustrações pra dar continuidade na vida”

    Texto escrito por mim no dia 06 de março de 2012!! Saudades MIL de vocês... mas continuo na correria!!! Prometo Voltar MEUS Amores Cruzados!


    Ana C.
    |